Mikel Izquierdo

Mikel Izquierdo

Investigador e Professor de biomecânica e fisiologia do exercício

Professor de biomecânica e fisiologia do exercício; Diretor do departamento de ciências da saúde na universidade pública de Navarra
Professor de biomecânica do desporto no centro de estudos do comité olímpico espanhol
Responsável pela unidade de investigação e centro de medicina desportiva do governo de Navarra de 2005-2010

 

Colaborador e investigador em vários projectos financiados pela União Europeia focados na fragilidade e exercício. O projeto VIVIFRAIL tem como objetivo promover e recomendar mudanças no estilo de vida associadas à prática de exercício físico para pessoas com fragilidade e declínio funcional e pessoas idosas com diabetes tipo 2. Está, presentemente, envolvido no projeto H2020 da comissão Europeia DIABFRAIL-LATAM. Também colabora com a Organização Mundial de Saúde na implementação de programas de exercício físico como estratégia global na fragilidade e prevenção de risco de quedas. Os seus temas principais de investigação são a biomecânica neuromuscular da força e potência com especial interesse no treino da força no atleta de elite e na pessoa idosa. O professor Mikel Izquierdo publicou mais de 310 estudos originais in revistas com revisão de pares e supervisionou mais de 20 alunos de doutoramento.

Prescrição de exercício físico multicomponente para idosos: VIVIFRAL

Fórum Lisboa

Um programa de exercício centrado no treino de força é eficaz no retardamento da perda de função e outros efeitos nefastos tais como quedas, perda da função cognitiva e depressão. Os efeitos do exercício são potencialmente semelhantes aos da medicação, no entanto, estes não provocam efeitos secundários no que respeita à prevenção de doença cardiovascular, […]

LEIA MAIS

A primazia do Exercício físico como agente terapéutico da fragilidade em idosos

Fórum Lisboa

A função física (que inclui várias variáveis como a velocidade da marcha, equilíbrio, mobilidade e força muscular) está presentemente a ser tida em consideração como um dos biomarcadores do envelhecimento saudável, preditivo de eventos adversos de saúde, disfunção e mortalidade. Devido a estes motivos, restaurar a função, autonomia e independência à medida que o envelhecimento […]

LEIA MAIS